Arquivo da categoria: Matéria

Indústrias com alto potencial poluidor com emissão de efluentes no lago Guaíba

Mapa elaborado pelo professor da disciplina de Jornalismo Ambiental da UniRitter, Roberto Villar Belmonte, como exemplo de pesquisa em banco de dados e visualização.  Ele mostra a posição geográfica das dez indústrias de alto potencial poluidor, de porte grande e excepcional localizadas em Porto Alegre e Guaíba, com emissão de efluente industrial tratado autorizada pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), o órgão ambiental do Rio Grande do Sul.

O impacto da poluição nos peixes do Guaíba

Mapa dos pontos de coleta dos peixes pesquisados pelo Laboratório de Ictiologia da Ufrgs – Crédito: Laboratório de Ictiologia da Ufrgs
Mapa dos pontos de coleta dos peixes pesquisados pelo Laboratório de Ictiologia da Ufrgs – Crédito: Divulgação
O Guaíba é um ecossistema que sustenta uma rica biodiversidade, onde interagem diversas espécies que dependem de sua boa qualidade e preservação. Há décadas o lago vem sendo poluído por esgoto doméstico e por efluentes industriais. Estudos sugerem que o caldo de poluição já pode estar causando deformações ósseas em algumas espécies de peixes.

Por Juan Molina
Jornalismo Ambiental / Manhã

“Eu não tive estudo. Sobrevivi por causa dos peixes”. O relato acima retrata a realidade de quem dedicou uma vida inteira à pesca. Alfredo Gonçalves, de 96 anos, é o pescador mais antigo da Ilha da Pintada, uma das ilhas do Delta do Jacuí, em Porto Alegre. Alfredo entrou cedo nesta vida, quando junto do pai vendia peixes pela região. Hoje em dia já não é mais assim. Através do desenvolvimento desenfreado de atividades econômicas e o descarte incorreto de resíduos, o Guaíba não está mais para peixe. 

Alfredo Gonçalves, 96 anos, joga a linha no lago Guaíba para pescar – Crédito: Juan Molina
Alfredo Gonçalves, 96 anos, joga a linha no lago Guaíba para pescar – Crédito: Juan Molina

 

Desde 1992, há o projeto “Análise da frequência de anomalias morfológicas, IGS e desenvolvimento gonadal em peixes do lago Guaíba” realizado pelo Laboratório de Ictiologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Financiada pela empresa CMPC Celulose Riograndense, a pesquisa tem como objetivo verificar se há significância ou não nas alterações ósseas, estruturais ou branquiais dos peixes. Continue lendo O impacto da poluição nos peixes do Guaíba

Alimentos orgânicos: qualidade de vida e sustentabilidade

Organicos capa

Seriam os orgânicos o alimento do futuro? A busca por estes alimentos e a qualidade de vida crescem cada vez mais.

Por Giulia Medeiros
Jornalismo Ambiental / Manhã

Vivemos em uma época na qual doenças derivadas de alimentos são muito frequentes, por isso estamos numa constante busca por novos hábitos de alimentação. Somos uma geração que questiona os problemas e que corre atrás de soluções e respostas, entre elas a alimentação orgânica. Mas o que este tipo de alimentação propicia? Ela é benéfica para saúde, bem-estar e ambiente? Continue lendo Alimentos orgânicos: qualidade de vida e sustentabilidade

Onde você joga seu cigarro?

O cigarro, companhia para alguns, prejudica a saúde e suja a cidade - Crédito: Fernanda La Cruz
O cigarro, companhia para alguns, prejudica a saúde e suja a cidade – Crédito: Fernanda La Cruz
Veneno, amigo, tabaco vilão. As ruas também sofrem com o descarte incorreto e a má educação dos fumantes de Porto Alegre, maior capital geradora de bitucas de cigarro do Brasil. O que pode ser feito para limpar? Ou a solução é parar de fumar?

Por Fernanda La Cruz
Jornalismo Ambiental / Manhã

Porto Alegre reúne mais fumantes do que qualquer outra capital no Brasil. De acordo com a última Pesquisa Nacional de Saúde, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são mais de 670 mil pessoas. Para ter dimensão, imagine 11 estádios iguais à Arena do Grêmio lotados produzindo fumaça – fumaça e lixo, sem parar. Ao final do dia, o total acumulado é de um milhão e quinhentas mil bitucas de cigarro. Muita gente fuma: onde é que esse lixo vai parar? Continue lendo Onde você joga seu cigarro?

Fast fashion x slow fashion

Campanha do movimento Fashion Revolution Brasil
Campanha do movimento Fashion Revolution Brasil
A problematização dos processos da cadeia produtiva está despertando para um consumo mais consciente.

Por Caroline Correa Nunes
Jornalismo Ambiental / Manhã

O fast fashion é um padrão de negócio cada vez mais utilizado pelo mercado mundial da moda. Este conceito é designado às marcas que produzem em larga escala, lançando diversas novidades ao longo do ano. Ao contrário do modelo tradicional, onde eram apresentadas apenas duas coleções – outono-inverno e primavera-verão -, o fast fashion investe em minicoleções – ao longo das estações – criadas e produzidas rapidamente, com base nas tendências e desejos dos consumidores.

Enquanto este modelo de produção garante uma gama maior de variedades e oferece preços finais mais baixos, pagamos um preço alto quando se trata de questões sociais e ambientais ligadas aos processos de produção da indústria têxtil. Continue lendo Fast fashion x slow fashion

Doença no ar de Porto Alegre

Bioindicadores revelam a poluição atmosférica da capital gaúcha -  Crédito – Marysol Cooper
Bioindicadores revelam a poluição atmosférica da capital gaúcha –  Crédito – Marysol Cooper
Pesquisadores da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre decidem estudar as consequências da poluição atmosférica na saúde de alunos de escolas municipais. Até então, os estudos eram baseados em bioindicadores vegetais.

Por Marysol Cooper
Jornalismo ambiental / Manhã

Conhecer a qualidade do ar na capital gaúcha se tornou tarefa para pesquisadores da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), que desde 2004, em conjunto com um grupo de estudos de São Paulo, busca alternativas para diminuir tanta poluição. O Laboratório de Estresse Oxidativo e Poluição Atmosférica da Universidade conta com o apoio de professores e alunos dos cursos de saúde para levar o projeto adiante. Continue lendo Doença no ar de Porto Alegre

A Unidade de Triagem e Compostagem de Porto Alegre transforma lenhas de podas em adubo

Máquina montando as leiras (monte) - Crédito: Dan Gonçalves
Máquina montando as leiras (monte) – Crédito: Dan Gonçalves

A Unidade de Triagem e Compostagem de Porto Alegre opera na finalização de todo o lixo da capital. São centenas de resíduos descarregados diariamente em uma balança eletrônica.

Por Dan Gonçalves
Jornalismo Ambiental / Noite

A reportagem de Jornalismo Ambiental, do blog da Uniritter, visitou a UTC (Unidade de Triagem e Compostagem) de Porto Alegre, que está localizada no Bairro Lomba do Pinheiro, na Estrada Afonso Loureiro Mariante. O local foi fundando em julho de 2000. Nestes 16 anos, ela é a única em toda capital. Quando a equipe chegou no local não havia homens trabalho no momento, apenas uma máquina operava um monte de podas, preparando-as para a compostagem. Continue lendo A Unidade de Triagem e Compostagem de Porto Alegre transforma lenhas de podas em adubo

A sustentabilidade dos caminhos rurais

Crédito: Leandro Osório
Crédito: Leandro Osório
Demarcação das áreas rurais de Porto Alegre garante a produção de alimentos orgânicos e promove a sustentabilidade ambiental da região. O prefeito José Fortunati inseriu os Caminhos Rurais no Sistema de Gestão da Política de Desenvolvimento Rural e firmou importante pacto que assegura a qualidade dos alimentos produzidos por pequenos e médios agricultores.

Por Leandro Osório
Jornalismo Ambiental / Manhã

Quem não conhece e vai até lá, encanta-se e não acredita que a região faz parte da capital gaúcha. Localizado no extremo sul de Porto Alegre, os Caminhos Rurais ainda são regiões desconhecidas por boa parte da população urbana. Povoado na sua grande maioria por pequenos agricultores, suas áreas de plantio e comercialização de produtos, muitos cultivados sem agrotóxicos, transformam a região numa verdadeira zona rural em plena capital. Continue lendo A sustentabilidade dos caminhos rurais

O transporte solitário piora a qualidade de vida em Porto Alegre

Congestionamento na avenida João Pessoa em Porto Alegre – Crédito: Adrienne Cardoso
Congestionamento na avenida João Pessoa em Porto Alegre – Crédito: Adrienne Cardoso

A facilidade de aquisição de carros e a má qualidade dos transportes coletivos aumentam o transporte individual na capital gaúcha.

Por Adrienne Cardoso
Jornalismo Ambiental / Manhã

“A informação existe, mas a conscientização não. Percebemos uma minoria que apresenta interesse sobre questões ambientais. Estas questões fazem parte da educação que não acontece no trânsito. O desinteresse com o meio ambiente acontece em todos os contextos e não só no trânsito”, diz Fernanda Cássia Landim, psicóloga pela Universidade de Santa Cruz do Sul e especialista em Avaliação Psicológica e Psicóloga Perita Examinadora de Trânsito. Continue lendo O transporte solitário piora a qualidade de vida em Porto Alegre

Um hambúrguer ecológico até na entrega

Veburger entrega de bicicleta hambúrguer orgânico em Porto Alegre de sexta a domingo - Crédito: Divulgação
Veburger entrega de bicicleta hambúrguer orgânico em Porto Alegre de sexta a domingo – Crédito: Divulgação
Comer um hambúrguer saudável e ainda por cima preservar o meio ambiente. Essa é a proposta do casal Kellyn Elisa e Jackson Gerhardt,  idealizadores da hamburgueria vegana Veburguer de Porto Alegre, que utiliza apenas alimentos orgânicos com o diferencial de entregar os lanches de bicicleta.

Por Melissa Renz
Jornalismo Ambiental/ Manhã

Naturais de Santa Cruz, e morando há cerca de um ano em Porto Alegre, Jackson Gerhardt, 29, e Kellyn Elisa, 23, formados em Comunicação queriam alcançar independência financeira sem ter que explorar indevidamente as pessoas e a natureza. Foi ai que surgiu a ideia de um empreendimento divertido, sustentável e sem o formato tradicional de uma empresa que funciona na capital gaúcha desde outubro. Continue lendo Um hambúrguer ecológico até na entrega