Poluição do Guaíba

Reportagem sobre a poluição do lago Guaíba realizada pelos alunos de Jornalismo Ambiental/Noite Bernardo Figueira, Cristielle Valle, Roberta Brum e Shállon Teobaldo, editada com apoio de Thiago Pedruzzi, do estúdio de televisão da UniRitter.

O lago Guaíba é a maior fonte de água doce da capital gaúcha, responsável pelo abastecimento para toda a cidade de Porto Alegre. Porém, devido a fatores como esgotos, contaminação por agrotóxicos, lixo e resíduos industriais, a água sua água está totalmente suja e poluída.

Além de cartão postal e ponto turístico, o lago serve, ou deveria servir, para a prática de esportes e como local de banho. Entretanto, a poluição não permite mais tais usos da água, que também precisa de um longo tratamento para ter serventia no consumo humano.

O Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) de Porto Alegre é o órgão responsável pelo tratamento e distribuição da água para os porto-alegrenses. O líquido, poluído, é coletado no lago por tubos e ao chegar na estação de tratamento passa por diversas etapas até estar limpo.

A reportagem aborda os principais motivos da poluição do Guaíba, explica o processo de eutrofização, as etapas de tratamento e os processos laboratoriais de análises de qualidade da água. Especialistas entrevistados trouxeram respostas esclarecedoras e com embasamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *