Arquivo da tag: Virada Sustentável Porto Alegre

Diversidade na Sustentabilidade

Sustentabilidade não é só meio ambiente. A sociedade sustentável também é composta de educação, identidade de gênero, empoderamento e outros temas atuais e importantes. Nos dias 2 e 3 de abril, o Parque Moinhos de Vento (Parcão) sediou o EcoPontos da Virada, iniciativa da Virada Sustentável de Porto Alegre para discutir e incentivar práticas sustentáveis.

Continue lendo Diversidade na Sustentabilidade

Greenwashing pode estar com os dias contados

O estudante de jornalismo da UniRitter Nando Donel entrevista Ricardo Voltolini no segundo dia do Seminário Internacional da Virada Sustentável em Porto Alegre – Crédito: Roberto Villar Belmonte
O estudante de jornalismo da UniRitter Nando Donel entrevista Ricardo Voltolini no Seminário Internacional da Virada Sustentável em Porto Alegre – Crédito: Roberto Villar Belmonte

“A empresa não muda por livre e espontânea vontade, ela muda porque a sociedade muda, ela muda porque a ciência muda, porque os valores mudam, então as empresas estão acompanhando esse movimento e mudando também”, explica Ricardo Voltolini nesta entrevista exclusiva concedida durante o Seminário Internacional da Virada Sustentável, realizado no primeiros dias de abril em Porto Alegre.

Por Nando Donel
Jornalismo Ambiental / Noite

Diante dos desafios da sustentabilidade, as empresas estão se modificando. Para o diretor-presidente da consultoria Ideia Sustentável, Ricardo Voltolini, não é mais concebível, com todos os problemas ambientais vistos nos últimos anos, que uma empresa para obter lucro, trabalhe de forma que prejudique o meio ambiente e as pessoas. No entanto, ressalta o consultor, “a empresa não muda por livre e espontânea vontade, ela muda porque a sociedade muda, ela muda porque a ciência muda, porque os valores mudam”. Continue lendo Greenwashing pode estar com os dias contados

Rubén Pesci: urbanismo e sustentabilidade devem estar de mãos dadas

Rubén Pesci, referência na área de urbanismo – Crédito: Arquivo Pessoal
Rubén Pesci, referência na área de urbanismo – Crédito: Arquivo Pessoal

O arquiteto argentino Rubén Pesci fala nesta entrevista exclusiva concedida ao blog de Jornalismo Ambiental da UniRitter como seria a sociedade ideal e questiona a forma com que a sustentabilidade é aplicada nas construções modernas.

Por Rafael Bernardes
Jornalismo Ambiental / Noite

Arquiteto argentino, nascido em La Plata, 73 anos, Rubén Pesci é referência na área de arquitetura e urbanismo. O fechamento do seminário da Virada Sustentável de Porto Alegre, ocorrido nos 1 e 2 de abril, contou com sua palestra sobre desenvolvimento sustentável. Além de ser formado em arquitetura, Rubén cursou pós-graduação em Roma, com Bruno Zevi, e em Veneza, com Giancarlo de Carlo, Sérgio Los, Humberto Eco e Tomás Maldonado.

Em 1974, criou a Fundação CEPA, referência na América Latina em projetos ambientais, e a Revista Ambiente. No ano de 1989, criou o Foro Latino Americano de Ciências Ambientais (Flacam), que conta com 40 sedes em países como Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Espanha, México, Paraguai, Peru e Venezuela. Hoje, a Flacam é cátedra Unesco para o Desenvolvimento Sustentável.

As obras e ideias em arquitetura, urbanismo, planejamento e desenvolvimento sustentável do arquiteto foram premiadas e publicadas em mais de 300 artigos em 15 países. Além disso, é autor de 10 livros sobre desenvolvimento sustentável e questões ambientais.

O arquiteto questiona há mais de 20 anos a forma como a sociedade trata os assuntos ambientais na área do urbanismo. Em entrevista exclusiva para o blog de Jornalismo Ambiental, Rubén Pesci conta como foi palestrar na primeiraVirada Sustentável de Porto Alegre e opina sobre assuntos como arquitetura e urbanismo de forma sustentável, sociedade ideal e propriedade privada. Continue lendo Rubén Pesci: urbanismo e sustentabilidade devem estar de mãos dadas

Lixo, resíduo, rejeito… E agora, o que fazer?

Durante a primeira edição da Virada Sustentável em Porto Alegre, rodas de conversa foram realizadas nos principais parques da capital gaúcha - Crédito: Karem Rodrigues
Durante a primeira edição da Virada Sustentável em Porto Alegre, rodas de conversa foram realizadas nos principais parques da capital gaúcha – Crédito: Karem Rodrigues
Garantir que o que estamos fazendo agora não comprometa as gerações futuras foi um dos temas abordados na primeira edição da Virada Sustentável em Porto Alegre. Durante o evento inédito, realizado nos primeiros dias de abril, a reportagem do blog de Jornalismo Ambiental da UniRitter foi até dois importantes parques da capital gaúcha conversar com as pessoas que visitaram os Ecopontos ali instalados. Confira o resultado na reportagem a seguir.

Por Karem Rodrigues
Jornalismo Ambiental / Noite

Se não atuarmos agora estaremos deixando para as gerações futuras um planeta em condições piores do que as que recebemos. As transformações são visíveis tão quanto suas consequências. Nas palavras de Cristine Huff, estudante de engenharia ambiental e voluntaria do Greenpeace, “as escolas não estão adaptadas para os tempos de hoje, a educação ambiental é mais do que essencial”. E revela um desejo: “Queria que as pessoas andassem mais a pé, se preocupassem menos com toda essa tecnologia e conseguissem viver com pouco”. Continue lendo Lixo, resíduo, rejeito… E agora, o que fazer?

Porto Alegre Pode Se Tornar Uma Cidade Resiliente?

Nos dias 1, 2 e 3 de abril ocorreu a primeira edição do evento “Virada Sustentável” em Porto Alegre, que teve como objetivo debater inúmeros temas que envolviam sustentabilidade e resiliência. O município faz parte do Desafio da Resiliência, com o apoio da Fundação Rockefeller e da Organização das Nações Unidas (ONU). O intuito é fazer da capital gaúcha o modelo de cidade resiliente no Brasil.

Continue lendo Porto Alegre Pode Se Tornar Uma Cidade Resiliente?

Jorge Furtado: arte e a sua função de ensinar

Furtado explica como foi a construção para elaborar o filme “Ilha das Flores” – Crédito: Rayana Garay

Em entrevista exclusiva ao blog de Jornalismo Ambiental da UniRitter, o cineasta Jorge Furtado fala sobre os principais problemas que afetam o meio ambiente e reflete sobre o que podemos mudar no cenário atual das nossas cidades.

Rayana Garay Cândido
Jornalismo Ambiental / Noite

O diretor e roteirista Jorge Furtado foi um dos destaques deste ano da primeira edição da Virada Sustentável de Porto Alegre. Na ocasião, Furtado explicou sobre o filme “Ilha das Flores” que trata o problema do descarte do lixo na Ilha dos Marinheiros, em um tema intrigante para o público que o assiste.  Nove dias depois do evento, o diretor recebeu a reportagem do blog de Jornalismo Ambiental da UniRitter na Casa de Cinema de Porto Alegre, que fica localizada no bairro Bom Fim.

Em especial,  a conversa foi direcionada a um dos principais filmes sobre a sustentabilidade no Estado do Rio Grande do Sul, que para época de 1989, ano que foi lançado o curta “Ilha das Flores”, foi considerado uma novidade, pois a indústria cinematográfica não explorava tanto o tema. Furtado assina trabalhos consagrados como: “O Homem que Copiava” (2003), “Doce de Mãe” (2012) e “O Mercado de Notícias” (2014). Também coleciona diversos prêmios, tais como: melhor diretor e roteiro no Prêmio Cinema Brasil e  melhor roteiro no Festival de Cinema de Miami (2003).

Nesta entrevista, o cineasta Jorge Furtado fala sobre o descarte do lixo,  sustentabilidade, a arte como forma de conscientização e o curta “Ilha das Flores”.  Continue lendo Jorge Furtado: arte e a sua função de ensinar

Remada contra a maré dos impactos ambientais

Remada da Virada 2016 põe o Guaíba no foco do debate por sustentabilidade - Crédito: Maureci Junior
Remada da Virada 2016 põe o Guaíba no foco do debate por sustentabilidade – Crédito: Maureci Junior
Visando mobilizar a sociedade através da inspiração e da criatividade, debate sobre o meio ambiente ocupa o espaço urbano da capital e levanta a bandeira da sustentabilidade. Durante três dias, a Virada Sustentável convidou Porto Alegre a discutir sobre os temas ambientais de forma abrangente, promovendo um diálogo engajador que visa repercutir socialmente através do esporte, da arte, da política, da economia e da educação. O evento foi marcado pela prática de atividades ao ar livre, como a Remada da Virada, e acabou com uma mensagem de reflexão no Auditório Araújo Vianna.

Maureci Junior
Jornalismo Ambiental / Noite

Às 10 horas da manhã do sábado, 2 de abril, mais de 100 atletas e desportistas reuniram-se na orla do Guaíba, no bairro Ipanema, na zona sul da capital. O dia até era de competição, mas a motivação dos participantes era especial, pois além do campeonato de Stand Up Paddle (SUP), também era dia de remar pela vida do Lago Guaíba. A Remada da Virada foi uma das atrações do projeto Virada Sustentável, que marcou o final de semana dos porto-alegrenses com vários eventos gratuitos, organizados com o objetivo de evidenciar e promover a conscientização sobre temas relacionados à sustentabilidade. Continue lendo Remada contra a maré dos impactos ambientais