Arquivo da tag: Destaque

Moradores em risco no Morro Santana

A reportagem do blog de Jornalismo Ambiental percorreu o morro mais alto de Porto Alegre para registrar o descaso com o saneamento básico. Três pessoas morreram recentemente na região com leishmaniose.

Por João Pedro Tavares
Jornalismo Ambiental – Campus Fapa / Noite

Os moradores do Morro Santana sofrem com problemas graves com relação ao saneamento básico fornecido pelo Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE). Dentre as dificuldades enfrentadas na região, os habitantes se encontram perdidos em meio à falta de água, esgoto a céu aberto, áreas que servem como local para despejo de resíduo sólido e muitas doenças. Continue lendo Moradores em risco no Morro Santana

“Ambientalistas, pensando bem, somos nós”

O Brasil é um país com uma grande diversidade de etnias indígenas.  Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), existem cerca 225 povos nas terras “tupiniquins”. A reportagem visitou uma aldeia Mbýa-Guarani em Viamão a fim de compreender a forma como eles olham para natureza e entrevistou o escritor indígena Daniel Munduruku para falar sobre a inclusão desses povos nos debates ambientais.

Por Bruna Jordana e Paula Schuster
Jornalismo Ambiental – Campus Zona Sul / Noite

O relógio marcava 19:00 horas quando chegamos no Delfos, espaço reservado para palestras e debates dentro da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). A sala, embora pequena, estava com todos seus assentos ocupados: aguardavam a chegada de Daniel Munduruku, que, com 53 anos, é o principal escritor indígena do país. Continue lendo “Ambientalistas, pensando bem, somos nós”

Degradação e descaso: a trajetória do Rio dos Sinos

Trecho do Rio dos Sinos na altura da ponte sobre a Avenida Mauá, em Novo Hamburgo – Crédito: Alberi Neto
Conheça quem protege e o que contamina o quarto rio mais poluído do país

Por Alberi Neto, Aline Eberhardt e Ariadne Kramer
Jornalismo Ambiental campus Fapa / Manhã

Da janela do trem metropolitano, o Rio dos Sinos passa diante dos olhos como uma bela pintura na paisagem, logo na entrada de Novo Hamburgo. A reação só muda quando os pés batem no barro molhado e escorregadio da margem. Nas águas que correm por baixo da ponte da Avenida Mauá é possível constatar outra realidade. Uma água de cor turva tocada por um vento gelado traz consigo o forte cheiro da terra lamacenta, misturada com resquícios do esgoto de casa, jogando para a beirada do rio galhos, roupas e até partes de móveis. Enquanto a reportagem caminha em busca de retratos da poluição hídrica do Sinos, pai, mãe, uma criança e um cachorro chegam e lá se vão mais algumas taquaras para a água.

Continue lendo Degradação e descaso: a trajetória do Rio dos Sinos